Translate

7 de fevereiro de 2016

Desportiva x Itaperuna/RJ





A proximidade entre os estados sempre facilitou os confrontos entre clubes capixabas e cariocas, isso vem ocorrendo desde antes da década de 20,  quando o futebol se popularizou  e vários clubes foram fundados no Espírito Santo, outro  motivo de vários confrontos eram as regionalizações nas competições nacionais por parte da CBF, a Desportiva enfrentava cariocas com frequência, desde os 4 chamados grandes até os menores, Americano, São Cristóvão, Bangu, América, Volta Redonda entre outros, e um clube que a Desportiva sempre travava embates equilibrados e empolgantes era o Itaperuna. 

Antes um rápido esclarecimento. O  primeiro time  fundado em Itaperuna foi o  Porto Alegre FC em 1915. Em 1943 surgiu o Comércio Atlético Clube e Indústria Atlético Clube , em 1948 o Unidos Atlético Clube. O Itaperuna Esporte Clube nasceu da fusão destes três clubes e seus patrimônios em 21 de julho de 1989. Por tanto adicionamos as partidas contra o Porto Alegre no ano de 1988 a lista de confrontos. 

Ao todo foram 10 partidas entre as equipes, todas válidas pelo Campeonato Brasileiro, uns pela série B outros série C.

São 4 vitórias da Desportiva, 3 empates e 3 derrotas, a Tiva marcou 11 vezes contra 9 do Itaperuna. 
Jamais ocorreu goleada, o máximo eram 2 gols de diferença.
Um outro detalhe interessante, nenhuma das equipes conseguiu derrotar a outra fora de casa, oque deu a vantagem a Tiva foram 2 empates fora contra 1 dos cariocas. 

O 1º encontro aconteceu em 30 de outubro de 1988 pela 3ª rodada da série C do Brasileiro, o placar terminou em 2x2, porém aquele ano havia uma regra peculiar na competição, partidas empatadas teriam disputa de pênaltis, e nesta os visitantes levaram a melhor vencendo por 3x2. Neste ano a Desportiva disputou pênaltis 5 vezes vencendo 3 perdendo duas.

Araripe dos tempos antes da reformar

No returno  a partida foi disputada em 6 de novembro no Estádio  Jair de Siqueira Bittencourt e os cariocas venceram por 1x0.

Fachada do Estádio Jairzão
Ainda em 1988 pela série C, na 2ª fase, novo confronto em 16 de novembro no Estádio Engenheiro Araripe a Desportiva consegue derrotar o rival pela primeira vez, vencendo por 2x0.

O quarto embate acabou em 1x0 para o Itaperuna novamente, em 20 de novembro no Rio de Janeiro.


Em 1989 as equipes se reencontraram, desta vez na série B do Brasileiro, agora rival já como Itaperuna EC, a vitória, foi a mais tranquila dos cariocas, 3x1 em 9 de setembro, esta partida marcou a última derrota grená no confronto, depois deste dia a Tiva jamais foi derrotada pelo Itaperuna novamente.

No returno em 6 de outubro a Tiva venceu por um magro 1x0 no Engenheiro Araripe.
Desportiva em uma das partidas do Brasileiro de 1989

Gerson na foto acima ao lado de Traspadini se lembra dos confrontos contra o Itaperuna que disputou em 89, inclusive lembrou alguns ótimos jogadores do adversário, Pestana, Januário, Alcer, e alguns que inclusive também jogaram na Tiva, Sergio Andrade, Marcão, Carlinhos e Índio. Segundo próprio Gerson era muito difícil jogar contra eles, prova disso não os números que demonstram equilíbrio muito grande.
 
Em 1991 mais duas partidas pela série B do Brasileiro, em 31 de janeiro em casa como era de se esperar a Desportiva venceu, 1x0 foi o placar final. 

No returno em 17 de março na casa dos rivais a Desportiva vinha embalada, eram 5 vitórias em 8 jogos,  empate em 1x1 foi bom para o Itaperuna que se defendeu mais que atacou nesta partida.

Em 1992 a Tiva estava com o time muito forte, na 1ª partida diante dos cariocas uma vitória tranquila por 2x0 em 8 de março. Esta foi a última vez do Itaperuna no Araripe.

Aqui Pacato após a vitória da Desportiva por 2x0 em 1992



Em 29 de março a data histórica, pela última vez as equipes se enfrentavam, o placar foi 1x1 no Estádio Jair de Siqueira Bittencourt. Estádio este que hoje já nem existe mais, foi demolido em 2015 para dar lugar ao um Shopping mas me recuso a postar imagens destas cenas tristes, aqui vão ficar apenas memórias boas do estádio e das partidas entre capixabas e cariocas. 
Mauro Soares jogador que esteve presente em 1992 comentou o seguinte  "Realmente, era muito difícil jogar contra o Itaperuna, em 92 na vitória da Tiva eu tive a felicidade de marcar um dos gols e no empate em Itaperuna, praticamente nos deu a classificação pra série A do Brasileiro".
 Jair de Siqueira Bittencourt
Abaixo a fala de Pacato que é capixaba e é ídolo do clube.
Ídolo lamenta atual situação – Símbolo de uma geração que marcou época no Itaperuna Esporte Clube, o ex-jogador Sirley de Carvalho, o goleiro Pacato, fala com tristeza sobre a situação que o clube se encontra. “Pra gente que jogou no Itaperuna, fica uma mágoa, uma tristeza muito grande. Eu passei pelas categorias de base e fiquei uns quinze anos no clube. Minha esperança é que algum empresário assuma o Itaperuna”, torce Pacato.
Pacato relembrou bons momentos de outrora, dentre eles, quando ficou 1.087 minutos sem levar um gol. “Não me lembro se foi em 92 ou 93. Acabei levando um gol do Fluminense. Na verdade, dois, um do Macalé e o outro do falecido Ésio. Perdemos aquele jogo por 2 a 1”, recorda. O ex-goleiro não é a favor da venda do estádio e reforça a ideia de que seria necessário empresários somarem forças para salvar o Itaperuna. “O ideal seria manter o estádio de pé. Temos empresários na cidade com grande poder aquisitivo que poderiam manter o clube. Parece que o pessoal desgostou do futebol”, diz.

Pacato defendendo o Itaperuna sendo entrevistado por Aloísio Soares (Itaperuna News) 




Partidas entra Tiva e Itaperuna
Brasileiro série C 1988
30 de outubro 
Desportiva 2x2 Itaperuna 
Nos pênaltis Itaperuna 3x2
6 de novembro 
Itaperuna 1x0 Desportiva 
2ª fase
16 de novembro
Desportiva 2x0 Itaperuna 
20 de novembro
Itaperuna 1x0 Desportiva 

Brasileiro série B 1989
9 de setembro 
Itaperuna 3x1 Desportiva 
6 de outubro
Desportiva 1x0 Itaperuna 

Brasileiro série B 1991
31 janeiro 
Desportiva 1x0 Itaperuna 
17 de março
Itaperuna 1x1 Desportiva

Brasileiro série B 1992
8 de março 
Desportiva 2x0 Itaperuna
29 de março 
Itaperuna 1x1 Desportiva