Translate

14 de março de 2014

Desportiva Ferroviária x Ferroviária-ES o confronto entre os clubes irmãos ferroviários




Que vários clubes foram fundados a partir de ferroviários e envolvidos com ferrovias não é novidade e que muitos deles atingiram sucesso também não,seja a nível estadual,nacional,continental e mundial...temos Ferroviária de Araraquara-SP, Ponte Preta-SP, Ferroviário-CE, Desportiva Ferroviária-ES, Peñarol-URU, Locomotiv-RUS  e Ferro Carril-ARG são alguns exemplos de clubes ferroviários de sucesso.


Mas oque os mais novos não tem conhecimento é que no Espírito Santo também tivemos um irmão de ferrovias, a Associação Atlética Ferroviária de João Neiva,  fundada em 1º de janeiro de 1968, após fusão do Sul America "esquadrão de aço", Independente e Clube Nolasco, após sugestão da,CVRD Companhia Vale do Rio Doce, ou simplesmente 
 Vale, e que durante os anos 70 figurou na primeira divisão do campeonato capixaba, a equipe  sempre fazendo campanhas tímidas sem muita força porém era uma equipe muito simpática que todos gostavam,  até mesmo os grenás tinha um certo carinho por eles mesmo que as cores fossem as mesmas do nosso maior rival.


Outra coisa que poucos sabem é que existe  uma história muito trágica  envolvendo  a  Ferroviária que fez a equipe se afastar das competições profissionais por muito tempo, um acidente com o ônibus da delegação Ferroviária tirou a vida de alguns passageiros em Ibiraçu, justamente uma semana após enfrentar a Desportiva em Cariacica com isto o clube se afastou das competições profissionais, sua ultima participação oficial foi em 1993 na segunda divisão do capixaba  não conseguindo o acesso a série A. 
O acidente ocorreu em 1969 após vitória por 1x0 sobre o Atlético de Vila Velha em partida  jogada no Engenheiro Araripe, de 31 de maio para 1º de julho,  quando o ônibus da delegação bateu de frente com um caminhão próximo ao Mosteiro Zen Budista em Ibiraçu.
Morreram quatro pessoas entre elas 4º zagueiro Tota, que estava sentado na poltrona que seria do técnico Sarcinelli, que ficou na capital. Houve vários feridos e entre os mortos estava o diretor Benício, o motorista e um torcedor que voltava no ônibus. O Tota como estava em lua de mel havia pedido dispensa do jogo e não foi atendido. O clube pediu adiamento de duas rodadas (Colatinense e Vitória)para recompor o elenco. Essa informações foram colhidas em entrevistas e visitas ao Arquivo Público e FES. Segundo Sebastião Vieira um amigo historiador grená

Em 1970 destaque para as goleadas aplicadas uma por 5x0 no Santos de Barra de São Francisco e 4x1 no Industrial de Linhares ambas em casa , 
Ferroviária manda seus jogos  no estádio Artêmio Sarcinelli conhecido como "Manelis" homenagem a Sarcinelli (29 de dezembro de 1932 - 28 de novembro de 2006) jogador profissional nascido em João Neiva atuou por São Paulo, Flamengo, Ferroviária-SP além de São Cristovão-RJ , em 1973  foi treinador da Desportiva Ferroviária no campeonato brasileiro chegando a barrar Fio Maravilha , que era a atração grená naquela competição, ele que disputou 14 partidas não fazendo nenhum gol pela Tiva naquele nacional dando razão ao afastamento, foram 20 partidas no comando técnico da Desportiva com 5 vitórias (Desportiva 2x1 América/RN, Desportiva 1x0 Flamengo, Desportiva 1x0 CEUB/DF, Paysandu 0x2 Desportiva e Desportiva 2x0 Náutico) 7 empates , 8 derrotas 



Sarcinelli no São Paulo FC onde ficou de 1954 a 1956 disputando 20 partidas marcando 2 gols

                  



Padre Carlos em ação pela Desportiva, veio da Ferroviária em 1974 


levantamento de algumas  partidas entre as ferroviárias,foram 9 partidas com ampla vantagem da Desportiva 18 jogos  13 vitórias da Desportiva, 4 empates e apenas uma derrota, foram 34 gols marcados pelo lado grená contra  15  da Ferroviária.

Mesmo com amplo domínio da Desportiva, nestas 18 partidas jamais aconteceu goleadas, não era fácil derrotar a irmã ferroviária...O ano  de 1973 foi o mais empolgante acontecendo 5 embates, 3 vitórias grenás e 2 empates, foram 18 gols marcados, e olha que houve um 0x0, mas de quebra aconteceu um 4x3 em 11 de março, e um 3x2 em 24 de junho.
Cunha está na história grená com um dos maiores de nossa história, jogou na Ferroviária e e mora em João Neiva

A primeira partida foi jogada em 2 de julho de 1968 no estádio Manelis em partida amistosa terminando Ferroviária 1x2 Desportiva
A ultima foi em 29 de setembro de 1974 no Engenheiro Araripe Desportiva 1x0 Ferroviária.
A única vitória da Ferroviária de João Neiva aconteceu em 3 de novembro de 1968 Desportiva 0x1 Ferroviária no Engenheiro Araripe, ou seja a Tiva nunca perdeu para eles fora de casa, foram 10 partidas em João Neiva com 8 vitórias. 

Detalhe o clima bucólico da entrada do estádio










Ferroviária 1x2 Desportiva 
Data : Manelis
Local : 2 de julho 
Competição : Amistoso 1968

Ferroviária 2x3 Desportiva 
Data : Manelis
Local : 29 de setembro  Competição : Capixaba  1968

Desportiva 0x1 Ferroviária
Data : 3 de novembro
Local : Araripe
Competição : Capixaba 1968

Ferroviária 1x2 Desportiva
Data :  21 de maio
Local : ManelisCompetição : Capixaba 1969

Desportiva 2x0 Ferroviária
Data : 29 de junho
Local : Araripe Competição : Capixaba 1969

Desportiva 1x1 Ferroviária
Data : 28 de agosto
Local : AraripeCompetição : Capixaba 1969
Entrada principal do estádio Manelis















Desportiva 2x0 Ferroviária
Data : 16 de agosto 
 

Local : Engenheiro Araripe 
Competição : Capixaba de 1970 


Ferroviária 1x2 Desportiva
Data : 11 de outubro
Local :Manelis
Competição : 
Capixaba de 1970


 Ferroviária 0x0 Desportiva
Data : 29 de agosto
Local :Manelis
Competição : 
capixaba 1971 
arquibancada principal
















Desportiva 2x0 Ferroviária
Data :  1º de outubro
Local : Araripe
Competição : 
capixaba 1972

Ferroviária 0x2 Desportiva
Data : 5 de novembro
Local : ManelisCompetição : capixaba 1972


localização do estádio encravado em João Neiva


Desportiva 0x0 Ferroviária 
Data : 14 de janeiro
Local : AraripeCompetição : Capixaba 1973

Desportiva 4x3 Ferroviária
Data : 11 de março
Local : AraripeCompetição : Capixaba 1973


 Ferroviária 0x2 Desportiva 
Data : 25 de março
Local : ManelisCompetição : Amistoso 1973

Ferroviária 2x3 Desportiva
Data : 6 de maio
Local : ManelisCompetição : Capixaba 1973


Ferroviária 2x2 Desportiva
Data : 24 de junho
Local : ManelisCompetição : Capixaba 1973


 Ferroviária 1x3 Desportiva
Data : 1º de setembro
Local : Manelis
Competição : C
apixaba 1974 
Padre Carlos na partida de setembro de 74

Desportiva 1x0 Ferroviária
Data : 29 de setembro
Local : Araripe
Competição : Capixaba 1974




 fichas técnicas das partidas de 1970 entre as ferroviárias
Desportiva 2x0 Ferroviária
Data : 9 de agosto de 1970 
Loca : Estádio Engº Araripe,Cariacica
Juiz :  Jairo Silva
Gols :Sérgio 11 aos 1º tempo e Jorge(contra) aos 15 do 2º tempo

Desportiva : Edalmo, SimonassiPaulo Espanha, Alcione, Edson , Fausto, Sérgio, Maurélio, Evandro, Noquinha e Fraga.

Ferroviária : Cocada, Cláudio, Jorge, Duíno, Wilson, Mocotó, Abel, Urbano, Cunha, Julinho, Zezinho, e Macedo 


Ferroviária 1x2 Desportiva
Data : 4 de outubro de 1970
Local : Artêmio Sarcinelli,João Neiva
Juiz : Jairo Silva
Expulsão : Derino (FJN)
Gols : Silvinho(DES) aos 21 , Noquinha(DES) aos 26 Miguel(FJN)* aos 30  do 1º tempo

Desportiva :Azevedo, Simonassi, Elci, Alcione, Édson, Elísio (Luiz Carlos) Sérgio e Maurélio

Ferroviária: Fausto, Cláudio, Conte, Derinho, Zezinho, Urbano e Miguel (Helinho)

Até visto de cima o estádio é simpático




página do facebook

                                         Menu com todas as postagens