Translate

10 de julho de 2013

Desportiva x Vasco da Gama






=================================================

A proximidade entre os estados facilita amistosos entre as equipes capixabas e cariocas, Desportiva e Vasco se enfrentaram 12 vezes desde 1970 segundo levantamento deste Blog feito pela internet e na federação capixaba de futebol.

A vantagem é amplamente carioca, nestas 12 partidas foram 7 vitórias vascaínas 2 grenás com 3 empates, com 14 gols marcados pelo Vasco, 8 pela Tiva. 
Mas a maior goleada nestas partidas a única por sinal  foi a favor do clube capixaba, um sonoro 4x1 em amistoso disputado em 22 de outubro de 1985 no Estádio Engenheiro Alencar de Araripe.

O Vasco nunca teve vida fácil contra a equipe capixaba, sempre venceu por placares apertados, como o primeiro jogo entre as equipes em 30 de maio de 1970 quando os cariocas venceram por 2x0. Jailson com apenas 2 minutos de jogo acertou chute da meia lua sem chance para Edalmo, aos 4 da sgunda etapa ele novamente o segundo. Henrique José Ribeiro apitou a partida. A Desportiva jogou com Edalmo (Azevedo), Pedrinho, Brandão, Alcione, Edson, Fautos, Sérgio, Maurélio (Esteves), Evandro, Romildo (Silvinho) e Fraga.

O Vasco com Andrada (Valdir), Fidélis, Joel (Moacir), Rossi, Batista, Buglê (Eberval), Vili, Silva (Ferreira), Everaldo, Jaílson e Tião (Kosilek). 

Aqui uma imagem do Blog inédita da partida no Araripe.



1972 em amistoso em novo amistoso no Eng. Araripe em 18 de junho o placar foi de 3x1 para o Vasco de virada, a Desportiva abriu o placar com Sérgio aos 41 do 1º tempo, mas na 2ª etapa, Buglê aos 12, Marco Antônio aos 14 e Alcir (Vasco 43 em contra ataque viraram a partida. José Marçal Filho apitou a partida.
Desportiva – Edalmo, Marcos, Juci, Elci, Adalberto Souza (Nélson Souza), Pinduca, Gato (Chiquinho), Sérgio, Elísio, Carlinhos (Kleber) e Déo. 
Técnico : Beto Pretti
Vasco – Tião, Haroldo, Miguel, Moisés, Eberval, Édson (Buglê), Alcir, Jorginho Carvoeiro, Jaílson, Silva e Gílson Nunes (Marco Antônio). 
Técnico : Mário Travaglini



Em 1973 foram duas partidas, a 1ª em 1º de abril com vitória vascaína por 1x0 no Eng. Araripe. A segunda partida foi a primeira entre as equipes em competições oficiais, no dia 5 de setembro de 1973 Desportiva e Vasco entraram em campo no Estádio Engº Araripe pela 4ª rodada da 1ª fase do Campeonato Brasileiro, a Tiva vinha como uma grande surpresa pois vinha de duas vitórias e uma derrota, após vencer as duas primeiras rodadas contra Sergipe e Atlético/MG a Tiva chegou a liderar o Brasileiro ao lado do Palmeiras campeão daquele ano, tendo o também naquele momento o artilheiro do campeonato Zezinho Bugre com 3 gols em 3 partidas, a Desportiva terminaria em 27º entre 40 equipes com  25 pontos 8 vitórias 9 empates e 11 derrotas. A locomotiva grená foi a campo confiante, mesmo  com a equipe cruz maltina vindo de uma goleada por 3x0 sobre o Sergipe e empate em 0x0 com o Vitória/BA ambos fora de casa, a equipe grená tinha confiança em um bom resultado, a partida não foi nada fácil para o Vasco que enfrentou uma verdadeira seleção capixaba, a Tiva contava com Jorge Reis, Elci, Juci, Wilson Pereira, Baiano (que é capixaba) Evandro além do matador Zezinho Bugre e o folclórico Fio Maravilha, que veio a peso de ouro do Flamengo...Já no Vasco  Andrada no gol, Zanata, Fumanchu e Roberto Dinamite, duas equipes como vários bons jogadores oque causou uma partida equilibradíssima com as duas equipes podendo sair vencedoras...A Tiva teve suas chances mas não aproveitou, a partida foi resolvida mesmo aos 7 minutos da segunda etapa com gol marcado por Zanata, o placar  não mudou mesmo com a partida lá e cá o 1x0 foi o resultado final, vitória dos cariocas. Algumas pessoas que presenciaram esta partida afirmam que sem dúvida foi o maior público da história do Engenheiro Araripe, na renda saiu 23,315 pagantes, mas haviam pessoas até nas 4 torres de iluminação do estádio de tanta gente, batendo tranquilamente o público de 30 mil espectadores. Não havia espaço nem no grande tobogã o maior do Brasil hoje já demolido. 





Novo encontro em 1974, em 13 de março para ser mais preciso,desta vez foram anunciados 14,835 pagantes, bem menos que no ano anterior. Estavam presentes no time titular Elci, Juci, Evandro e Zezinho Bugre, pelo lado carioca Andrada, Alfinete, Fidélis, Zanata, Luís Cláudio e Roberto Dinamite, ou seja promessa de nova partida equilibrada e empolgante, se do lado grená Elci e Juci tinham a dura missão de segurar Zanata e Dinamite, do lado cruz maltino Marcelo e Miguel também tiveram muita dor de cabeça com Zezinho Bugre e Baiano, qualquer vacilo era gol na certa, porém em dia perfeito das defesas de Desportiva e Vasco o placar não saiu do 0x0...Lembrando que no ano de 1974 o Vasco foi o campeão Brasileiro ao derrotar o Cruzeiro na final, neste ano a Desportiva teve uma campanha mais modesta ficando em 34º entre 40 equipes, 10 pontos a frente do lanterna com 4 vitórias, 6 empates e 9 derrotas. 
Árbitro:Romualdo Arppi Filho



Em 1976, aconteceu a primeira e única partida entre Desportiva e Vasco em solo carioca, em 1º de fevereiro de 1976 as duas equipes se enfrentaram no Estádio São Januário, terminando no empate em 1x1,pior para o Vasco que era o vencedor até depois dos 40 do segundo tempo quando Toninho II empatou tudo.


Em 1979 mais duas partidas, a primeira vitória do Vasco por 2x0 em 28 de janeiro,
 Orlando aos 14 minutos na 1ª etapa e Paulinho na 2ª aos 25. 

A 2ª aconteceu em 24 de março vitória do Vasco por 1x0 ambas no Estádio Engenheiro Araripe.

Em 1983 cumprindo acordo da venda de Geovani ao Vasco as duas equipes se enfrentaram em duas partidas amistoso com a renda revertida para a Desportiva, na 1ª em 06 de junho de 1983, Roberto Dinamite aos 19 minutos de jogo abriu o placar após passe de Hernani pela direita, Luiz Carlos aos 36 empatou de cabeça após cobrança de corner, fim de jogo 1x1 no Araripe que pode ser vasto .
Imagem inédita do amistoso de 1983
Em 22 de outubro de 1985 na 2ª partida do contrato da venda de Geovani, Antônio Lopes usou o amistoso para testar o Vasco depois da Libertadores em que o time acabou eliminado de forma vexatória ainda na 1ª fase com 3 empates e 3 vitórias, deve ter se arrependido, a conta de vexames não estava encerrada, Desportiva aplicou uma sonora goleada de 4x1 a maior entre as equipes...A Desportiva foi a campo escalada por Zuza com: Alcides, Bira, Deda, Jacimar, Barto, Caca, Luiz Carlos, Patrulheiro, Edmilson, Zecão e Tizil, no Vasco  Geovane , Rômulo, Paulo Roberto, Ivan, Nenê e Pires viram de perto o show grená. 
Bira, Geovani e Edmílson na vitória grená por 4x1



Após esta goleada de 1985 as equipes só voltariam a jogar apenas em 1992, durante a Série B do Brasileiro a Desportiva encarou o Vasco em amistoso no Araripe. Na Desportiva grandes destaques como Washington, Andrade, e Welder, no Vasco contava com Bebeto, Bismarck e Edmundo. No fim a vitória foi outra vez grená, 2x0 placar final.

  Amistoso Desportiva x Vasco em 1992

Time da Desportiva amistoso 2009 (na época clube empresa Desportiva Capixaba)
Acostumado a vencer o rival grená o Vasco já estava 3 partidas sem vitórias contra a Tiva, em uma partida muito franca os cariocas vencerem por 1x0 go do capixaba Tite de cabeça após escanteio aos 21 minutos do 2º tempo. Em 18 de Janeiro de 2009 a 
Desportiva foi a campo com Walter (Jeferson), Amaral, Renan, Edézio (Márcio), Matheus (Fábio), Gilmar ( Júnior), Ygor (Felipe), David (Rafael), Thiago Keller (Rodrigo), Flávio (Edmar), e Paulinho Pimentel (Pedro Lucas)
Técnico : Cosme Eduardo
O Vasco com Rafael, Paulo Sérgio (Fagner), Sérgio (Fernando), Titi (Mateus), Ramon (Fernando Galhardo), Amaral, Léo Lima (Alex Teixeira), Jérferson (Bruno Gallo), Fernandinho (Enrico), Carlos Alberto ( Faioli) e Rodrigo Pimpão ( Gian Mariano)
Técnico : Dorival Júnior
Dervaly Lira do Rosário(ES) apitou e mandou Fernando do Vasco mais cedo para o vestiário o expulsando da partida.

                           
Melhores momentos da partida 



 Com a bola David Dener artilheiro e Campeão Copa ES 2008 e Campeão Capixaba 2013 pela Tiva

12 partidas 2 vitórias, 3 empates, 7 derrotas 8 gols marcados, 14 gols sofridos.
maior goleada : Desportiva 4x1 Vasco
partida amistosa em 22 de outubro de 1985