Translate

11 de agosto de 2011

Desportiva Ferroviária x Vitória /BA

Desportiva e Vitória-BA são velhos conhecidos, e  já se enfrentaram pela primeira divisão do brasileirão por 8 oportunidades com vantagem capixaba, foram 4 vitórias grenás contra duas derrotas e dois empates 15 gols marcados e 11 sofridos, no geral a Desportiva venceu 4 o Vitória 5. 

A primeira partida aconteceu dia 14 de outubro de 1973 em um domingo pela primeira fase do brasileiro, na casa do adversário o placar favorável aos donos da casa 2 x 1,  Valdir Espinosa e André Catimba marcaram para os baianos e Zezinho para os capixabas.

A primeira partida em solo espírito santense foi pela fase de classificação terminou  em 1 x 1, marcaram   Edmar para a Tiva e Davi para o Vitória, em um sábado 30 de março de 1974.

Um  0 x 0 dia 20 de agosto de 1975 em uma quarta feira marcou o terceiro encontro.

Nossa primeira vitória sobre os baianos foi na casa do adversário 16 de novembro de 1977 com gol de Corinto deu Desportiva 1x0. 
No mesmo ano de 77 novo encontro com os rivais e nova vitória dessa vez por 3 x 1, Wilson Corinto e Orlando anotaram os seus gols na partida e Sena descontou para o Vitória. Neste brasileiro a Desportiva passou por uma tramoia armada contra ela,  na ultima rodada a Desportiva enfrentaria o Fluminense de Feira de Santana caso vencendo a partida por 2 gols de diferença passaria em primeiro no grupo e  desclassificaria  o Vitória  que já havia apanhado duas vezes da Tiva a essa altura do campeonato, pois bem a partida teve uma ato covarde e ridículo por parte dos baianos que não foram jogar foram para cair, o cai cai foi tão teatral que rendeu 6 expulsões pelo lado de lá, claramente jogando para ajudar o Vitória o Fluminense fez um enorme cai cai alem de provocar muitas expulsões a arbitragem foi obrigada  a dar a  partida por encerrada bem antes dos 30 minutos de jogo, com esse 0x0 a vaga iria para o time baiano eliminando de forme vergonhosa e covarde a Desportiva Ferroviária, que não ficou acomodada e foi em busca de brigar por uma vaga jogando e vencendo na bola sem covardia, José Hildo ligou para Valed Perry  no Rio de Janeiro que aceitou defender a equipe grená Cristiano Collins então presidente grená  foi a CBD (Confederação Brasileira de Desportos)e a CBD apurou muitos indícios de falcatrua por parte das duas equipes baianas inclusive com tentativa de suborno antes da partida para o trio de arbitragem, no fim a justiça decidiu uma partida única em campo neutro sem vantagem de ninguém,o Vitória que já havia sido derrotado duas vezes no campeonato tremeu e não aceitou a a partida dando a vaga para a Desportiva Ferroviária.
Vitória 0x1 Desportiva (Edmar Desportiva de branco) brasileiro de 1977


Em 1980 derrota por 4x2  no da 16 de  março . Sena uma vez e Pita  duas vezes e Silvado marcaram para os baianos, pelo lado grená Luís Cláudio marcou os dois e descontou.

Em  1982 nos ultimos confrontos entre os clubes na série A,  foram duas vitórias grenás, a primeira partida aconteceu em 31 de janeiro de 1982 pela primeira fase  triunfo grená vitória por 3x1 Zuza uma vez e Dario  duas vezes marcaram pra Tiva e Laerte descontou.

A segunda partida   veio para devolver os 4x2 sofridos em 80,o melhor ainda foi que os  4x2  foi em plena casa do adversário dia 10 de fevereiro pelo segundo turno da primeira fase. Batalha,Dario e Naldo duas vezes fizeram os 4 gols grenás  e Joel e Zé Augusto descontaram.


Em confrontos gerais  são 4 triunfos grenás 3 empates e 5 derrotas 16 gols pró e 18 contra.
Os confrontos


Brasileiro série A 1973
Vitória 2x1 Desportiva   14 de outubro









Brasileiro série A 1974
Desportiva 1x1 Vitória 30 de março









Brasileiro série A 1975
Desportiva 0x0 Vitória 20 de agosto







Brasileiro série A 1977
Vitória 0x1 Desportiva 16 de novembro








Brasileiro série A 1977
 Desportiva 3x1 Vitória 4 de dezembro








Brasileiro série A 1980
Vitória 4x2 Desportiva 16 de março





Brasileiro série A 1982 
Desportiva 3x1 Vitória 31 de janeiro




Brasileiro série A 1982 
Vitória 2x4 Desportiva 10 de fevereiro




Brasileiro série B 1992
Vitória 3x0 Desportiva     19 de fevereiro
Desportiva 0 x 0 Vitória   12 de abril
Desportiva 0 x 1 Vitória   13 de maio
Vitória 3 x 1 Desportiva   24 de maio

  
Desportiva e Vitória/BA se envolveram em uma grande polêmica, onde o Vitória no brasileiro de 1977 junto com a federação baiana subornaram os jogadores  do Fluminense de Fera de Santana também da Bahia para que a partida com a Desportiva não terminasse, foram apenas 15 minutos de jogo no estádio Engenheiro Araripe , tudo começou quando Válter zagueiro baiano recebeu amarelo por reclamação e ao chutar a bola longe, em seguida levou o vermelho por ofender o árbitro Mário Rui de Souza, nessa levada Fred, Beijoca e Caíco também foram "convidados" a se retirar do gramado ao também receberem o cartão vermelho. A partida recomeçou após um tempo mas logo o lateral João Augusto "sentiu" um contusão,  incrivelmente Marcelino o goleiro também sentiu lesão. Geraldo e Brasília entraram para isolar a bola em todas jogadas possíveis, e aos 19 Eliberto também era expulso pelo time baiano, com isso a partida não teria mais condições de seguir.
  
 Abaixo matéria sobre o escândalo da partida entre Desportiva e Flu da BA,e todo seu desenrolar Revista Placar de 1977.